Sintrasp cobra de secretários insalubridade de 40%, equipamentos de proteção, entre outros

Nosso presidente Toninho do Caps e um grupo de Servidores da Saúde estiveram reunidos ontem, dia 23 de março, na Sala Osasco, para pedir apoio aos profissionais da Saúde que estão na linha de frente da batalha contra o Coronavírus (COVID-19). A principal reivindicação foi o pagamento imediato de 40% de insalubridade, ou seja, grau máximo. Reafirmamos a necessidade de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), pedimos o fim das transferências e repudiamos a terceirização das UBSs.

Pela Prefeitura, estiveram presentes os secretários Sérgio Di Nizo (Governo), Pedro Sotero de Albuquerque (Finanças) e Délbio Teruel (Administração). Houve um comprometimento em não transferir os Servidores da Saúde, compromisso firmado pelo próprio secretário de Governo. sobre a insalubridade, eles se comprometeram a avaliar e se colocaram à disposição do setor para juntos avançarmos neste momento.

IMPORTANTE – Nova reunião com a presença do Sintrasp, Comissão de Servidores da Saúde e representantes do Governo está agendada para o dia 6 de abril.

OFÍCIO PROTOCOLADO DIRETAMENTE COM O SECRETÁRIO DE GOVERNO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *