Sintrasp avança em negociações da Tabela 7, abono da Saúde e outras demandas com a Prefeitura

Diretores do Sintrasp e representantes da Prefeitura estiveram reunidos ontem, dia 12 de maio, para tratar da agenda de reivindicações mais urgentes da categoria. Por exemplo pagamento do abono do Servidor da Saúde e demais serviços essenciais, piso nacional para as PDIs I e II, concurso público da FITO e para Professores, Campanha Salarial, Tabela 7, entre outros. Apesar da pandemia, insistimos na necessidade de a Administração Municipal conceder o reajuste salarial para toda a categoria e ampliar benefícios. 1) A pandemia iniciou em março; 2) A reivindicação tem como base a inflação de 2019/2020, mais ganho real; 3) Existe um projeto cruel em Brasília tramitando que visa congelar os salários dos Servidores nos próximos 18 meses.

O encontro não foi uma reunião da Mesa, mas sim uma resposta às reivindicações do Sindicato de uma agenda para debater as demandas mais urgentes do funcionalismo. Isso porque as negociações estavam estagnadas desde o início da quarentena, mas o Sintrasp insistiu na importância das necessidades dos trabalhadores. A Prefeitura apresentou também as dificuldades pelo atual momento e assim uma nova reunião já ficou agendada para o dia 26 de maio. Esse novo encontro será da Mesa de Negociação e a Administração se comprometeu em apresentar uma contraproposta na data.

CORREÇÃO DA TABELA 7

A correção da Tabela 7 também foi destaque na reunião. O Sintrasp, mais uma vez, defendeu sua aplicação modificada a fim de corrigir injustiças salariais e diminuir as percas dos Servidores nos últimos anos. A correção da Tabela 7 é um anseio da categoria. Então, se é um anseio do trabalhador é deve do Sindicato lutar por ela e isso estamos fazendo.

PRESIDENTE TONINHO

“Sabemos do momento difícil que o Mundo atravessa. Mas também temos consciência das dificuldades financeiras diárias enfrentada pelos Servidores de Osasco. Salários precisam ser melhorados e benefícios ampliados. Existem compromissos firmados por esse Governo que precisam ser cumpridos e nós por meio do diálogo temos cobrado”, afirma Toninho do Caps, presidente do Sintrasp.

CONTINUE LIGADO!

Sintrasp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *