Oficiais de Escola | Comissão e Sintrasp deliberam por esforço coletivo pela revisão do Plano de Carreira

Recebemos a Comissão dos Oficiais de Escola de Osasco, dia 11 de maio. Vários temas de suma importância estiveram em pauta, mas a Tabela 7 foi o mais abordado. Os profissionais nos pediram esclarecimentos do porquê terem evoluído apenas duas referências, conforme definição do Governo. Em resumo, de acordo com o posicionamento da Administração, isto ocorreu por este setor já possuir um Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS). Mas entendemos a necessidade de avanços salariais concretos e, por isso, o debate será ampliado.

REPRESENTARAM O SINTRASP:

➡️ Jessé Castro de Moraes (presidente);
➡️ Professora Marta Barreto (vice-presidente para Educação);
➡️ Sheila Thimoteo (diretora dos Assuntos da Mulher);
➡️ João Ferreira (secretário-geral).

ACOMPANHE ALGUMAS DELIBERAÇÕES

  • Participação mais efetiva da Comissão e do segmento dos Oficiais de Escola junto aos demais da Educação, pois a diretoria do Sintrasp publica com frequência informações importantes nos grupos de WhatsApp;
  • Inserção de um membro deste grupo como participante da Comissão de revisão do Plano de Carreira dos Profissionais da Educação. A Servidora Simone Andrade Moreira, da Escola Municipal Darcy Ribeiro, foi a escolhida.

O presidente Jessé foi o responsável por explicar a todos que, apesar do empenho do Sindicato, não foi possível avançar além de duas referências na Tabela 7.

Sabemos o quanto é injusto. Passa a impressão de estar penalizando-os por terem PCCS. Por isso, a revisão do documento deve ser feita rapidamente e de forma assertiva.”

ORIENTAÇÕES

A Professora Marta sugeriu foco total na revisão prevista do Plano. “É o caminho mais seguro e certo para se conquistar a valorização financeira e melhores condições de trabalho aos Profissionais do Apoio da Educação.” Já o nosso diretor João explanou sobre como a Administração faz os pagamentos em termos contábeis. Isso é importante para termos clareza dos direitos dos trabalhadores em relação aos seus vencimentos.

A Professora Sheila explicou como trabalham os Conselheiros do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) e orientou também a respeito das competências do Conselho Municipal de Educação.

PRÓXIMOS ENCONTROS

Marta comenta:

Foi um encontro muito produtivo. Foram esclarecidas muitas dúvidas e coletadas sugestões. Houve o consenso da necessidade de nos reunir periodicamente e elencar todos casos pontuais nos quais podem haver intervenção do Sintrasp”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *