Coronavírus | Técnico em saúde do Sintrasp repassa orientações básicas para prevenção à doença

Como os companheiros tem acompanhado, nos últimos dias o Coronavírus tem se espalhado rapidamente pela China e já está também em outros 18 países. Assim, preocupados com a situação, o Sintrasp divulga alguns métodos básicos de prevenção.

Nosso técnico em saúde e segurança no trabalho Leonardo Rolim Guimarães repassou algumas orientações sobre o vírus. Confira:

Como a mídia vem divulgando, juntamente com as redes sociais, o Coronavírus vem se propagando em largo espectro no Oriente, com possibilidade de se tornar uma pandemia mundial, como a H1N1 entre outras doenças

Minha orientação a todos vocês é apenas manter os bons hábitos de higiene, como lavar as mãos antes das refeições, cozinhar bem os alimentos, nada que já não fuja da rotina diária de vocês. Sendo assim não temos motivos para alardes ou sensacionalismos criados por noticias falsas de redes sociais.

DADOS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE SOBRE O VÍRUS
  1. É um vírus que tem causado doença respiratória pelo agente coronavírus, recentemente identificado na China. Os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais.
  2. Os sinais e sintomas clínicos são principalmente respiratórios, como febre, tosse e dificuldade para respirar.
  3. Se alguém apresentar esses sintomas, o paciente deve utilizar máscara cirúrgica e ser acomodado em quarto privativo. O profissional de saúde deve coletar as amostras respiratórias e encaminhar os casos graves para um hospital de referência para isolamento e tratamento.
  4. Para redução do risco de adquirir ou transmitir doenças respiratórias, deve-se realizar frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir alimentos, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir, evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca.
  5. Além disso, não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas, manter os ambientes bem ventilados, evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.

CLIQUE AQUI E CONFIRA MAIS INFORMAÇÕES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *