Prefeitura atende antiga reivindicação do Sintrasp e começa a pagar rescisões dos Servidores

Após vários anos de cobrança da atual diretoria do Sintrasp, finalmente, a Prefeitura comandada pelo prefeito Rogério Lins anunciou, dia 27 de junho, a quitação das rescisões trabalhistas de 2015 a 2019. Mais de 800 Servidores serão contemplados e já terão o dinheiro em conta. No total são quase R$ 8 milhões disponibilizados nesta segunda, dia 1º de julho.

PRESIDENTE TONINHO
Nosso presidente Toninho do Caps afirma: “As rescisões têm sido objetivo de cobrança permanente do Sindicato. Esses Servidores foram vítimas de contratos precários e ainda no final deles foram feridos pela inadimplência da Prefeitura. Eu me sinto um dos responsáveis por esse pagamento, pois é uma imensa conquista para os trabalhadores. O governo fez o papel dele”.

SOBRE A INADIMPLÊNCIA DAS RESCISÕES
Cada Servidor dispensado com a finalização dos contratos de trabalho, prática repudiada pela diretoria do Sintrasp, por se tratar de compromissos laborais precários e com valores bem abaixo, o trabalhador procurava a entidade sindical para exigir um apoio na reivindicação deste direito garantido por lei. Ou seja, o então Servidor era demitido e não recebia seus direitos.

REUNIÕES COM A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL
Desde o Governo passado, a diretoria do Sintrasp cobrava veementemente uma solução para a problemática. Jorge Lapas reconhecia que precisava quitar esses débitos, mas uma solução eficiente só veio agora com o pagamento assegurado pelo prefeito Rogério Lins. “O direito do trabalhador deve ser sempre preservado. E se é direito do trabalhador, é obrigação do Sindicato cobrar”, arremata o presidente Toninho.

Mesa de Negociação 2018
Foto: Arquivo Sintrasp – Mesa de Negociação 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *