Cuide bem do seu veículo antes de viajar durante as férias. Confira dicas de segurança!
Não é nenhuma novidade um aviso para cuidar bem do seu carro, ainda mais quando o assunto é viajar. Mas, é sempre bom reforçar essa mensagem. Pensando nisso, o blogueiro do Auto Esporte, no G1, Denis Marum, oferece dicas básicas para analisar e resolver problemas de segurança no automóvel. Confira!

1) O volante do carro trepida que nem a máquina de lavar

Se você não está pisando no freio e seu volante trepida, provavelmente o conjunto de roda e pneu precisa de balanceamento.

As principais causas são pneus irregulares ou rodas amassadas. Se os pneus estiverem velhos (mais de 5 anos) e deformados ou as rodas estiverem tortas, o balanceamento não resolverá; talvez você tenha que substituí-los.

Se a trepidação acontece quando você rela o pé no freio, seus discos de freio podem estar empenados. Será necessário substituí-los.

Folgas excessivas no sistema de direção e suspensão também poderão gerar algum desconforto no volante em altas velocidades. Primeiro passe no seu mecânico de confiança, para saber se a solução é somente a troca dos pneus.

2) Na reta, você sente no volante que seu carro quer sair para os lados pista

É um sintoma clássico de falta de alinhamento. Além da sensação ruim de o carro puxar para um dos lados, ele estará consumindo mais combustível e, pior, gerando um desgaste acentuado na banda de rodagem do pneu.

Você já deve ter visto metade da banda de rodagem careca e metade em bom estado. É isso que acontece quando você não faz alinhamento a cada 10.000km.

Fique atento porque folgas excessivas em peças da direção e da suspensão podem impedir que alinhamento resolva o problema.

3) Ruído continuo em velocidades constantes
Neste caso temos que cercar o problema. Ruídos agudos, tipo som de flauta, costumam vir da dianteira do carro, relacionados a correias, esticadores das correias, rolamentos do alternador ou até mesmo a um desgaste no freio.

4) Ponteiro da temperatura encostando no vermelho?

É sinal de que o sistema de arrefecimento não está conseguindo retirar o excesso de calor que o motor está gerando durante o funcionamento.

Esse diagnóstico deve ser feito por um profissional habilitado, mas comece olhando a mangueira de saída de água do radiador. Se ela estiver inchada (parecendo um joelho), com certeza sua válvula termostática deverá ser substituída.

FALE CONOSCO E FIQUE BEM INFORMADO - Acesse nossas redes sociais
e interaja conosco pelo Facebook, Flickr e Instagram. Conheça também nosso canal oficial no YouTube. Fale com o Sindicato pelos telefones (11) 2284.3500 (Osasco) e (11) 4616.5746 (Cotia) ou pelo nosso e-mail contato@sintrasp.com.br
FIQUE POR DENTRO DAS REDES SOCIAIS
Além do site, todo material produzido pela equipe de imprensa do Sintrasp também é compartilhado nas redes sociais.
 
TV SINTRASP - Aqui o Servidor é destaque
PARCERIAS DO SINTRASP